Como saber se o veículo é clonado?

Muitas vezes podemos pensar estar comprando um veículo de seu dono legítimo, e dificilmente pensamos que um documento pode ser alterado e aquele veículo que esta sendo adquirido venha ser um fruto de roubo e seus dados foram adulterados.

adulterado

 

Para evitar essa dúvida e realizar um investimento certeiro, precisamos de alguns cuidados antes de fechar o negócio. Geralmente os bandidos conseguem adulterar os chassis e realizar fraudes da documentação do veículo.

Então como se prefinir disso?  É o que vamos ver.

O que é feito no veículo ?

Quando um veículo é furtado ou roubado, é feita a adulteração dos chassis e são trocadas as placas de identificação do veículo. A partir daí o veículo volta ao mercado com uma aparência comum sem levantar suspeitas de  irregularidade. E com isso alguma pessoa acaba comprando o veículo sem suspeitar de nada. Tudo isso é feito com o auxílio da documentação ilegal.

Mas como são adulterados esses documentos?

Sabe aquele documento que você precisa sempre ter em mão CRLV e o outro sempre bem guardado quando vai ser feita a venda do veículo CRV, o papel que é impressa as informações se chamam Espelhos. Pois bem, quando desviados ou roubados em branco no DETRANs . O que permite que os dados do veículo clonado possa ser impresso e dificultando o reconhecimento das adulterações.

E como posso fazer para identificar esse tipo de veículo ?

Se possuir alguma tipo desconfiança tente fazer as seguintes etapas.

  • Realize a consulta de veículo
  • Verifique se os dados como o número de chassi confere com o documento atual do veículo
  • Se possível solicite um decalque de Chassi e  Motor
  • Repare de o documento possui rasuras e se as letras estão mais espaçadas que o de costume
  • No decalque tente identificar que possui retoques no dígitos como por exemplo 3 para 8, 5 para 8, 4 para 9, 1 para 7, E para F, R para P, H para K e K para L.
  • Verifique se o lacre no veículo possui algum desgaste e observe os orifícios onde fica o arame de lacração das placas. Caso apresentarem rebarbas ou polimento pode ser sinal de falsificação.
  • Verifique se os vidros possuem os números do chassi, ao menos um deles devera possuir. Caso estejam ásperos , com borrões ou com adesivo para camuflar suspeite.

Mesmo com essas dicas nada impede que o veículo ainda não seja adulterado, se valer a pena, leve a um empresa especializada para realizar a analise profunda no veículo afim de identificar irregularidades. Como comprar um veículo é um investimento alto procure sempre adquirir de lugares de confiança como concessionárias conhecidas no mercado. Ou se comprar de forma direta procure ter os dados do proprietário como endereço e dados que facilitem encontra-lo se necessário.

 

 

Receba Novidades em Seu E-mail

Cadastre-se aqui !



0 Comentários